Pular para o conteúdo

Paciência. Uma virtude especial das Borboletas

Como você definiria paciência? Para muitos ela pode ser entendida como a capacidade de saber esperar a vida acontecer, entendendo os seus processos. Mas isso não quer dizer ser passivo diante desses processos da vida, mas sim trabalhar pouco a pouco em busca do resultado desejado.

O caminho desafiador da metamorfose: de lagarta à borboleta.

Para chegar a se tornar uma borboleta o caminho de uma lagarta é longo, penoso e perigoso. Longo porque demora meses, penoso porque exige esforço e perigoso porque a lagarta está exposta a diversos predadores.

A lagarta nasce a partir de um ovo e é aqui que ela já começa a se alimentar para crescer e desde já criar sua reserva de alimentos para a fase em que ela se endurecerá e ficará guardada dentro de sua pupa.

Já na pupa, onde a lagarta está dentro de um casulo que a protege dos perigos externos, ela usará a reserva de alimentos obtida quando ainda era uma simples lagarta para sobreviver. Aqui vemos a importância de se planejar para alcançar um objetivo.

Por fim, passado algumas semanas a pupa se abrirá e dentro dela sairá uma madura borboleta, preparada para voar por onde desejar.

Perceba então que a vida da borboleta é composta por etapas, onde é necessário ter muita paciência para respeitar os processos e momentos de cada parte da etapa. A borboleta não nasce borboleta, torna-se.